sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Transit



Quando pensava que a carreira cinematográfica de Jim Caviezel não podia piorar, cometi o erro de perder uma hora e meia a ver "Transit".

Uma familia em vias de extinção parte em viagem pelo sul dos Estados Unidos para acampar e passar bons momentos de união familiar. Ao mesmo tempo, um grupo de ladrões de bancos psicopatas vão aterrorizando a viagem da familia, explodindo numa espiral de violência.

Este filme perde o sentido desde inicio, quando o "sem expressão" Jim Caviezel vai cantando canções e jogos de viagem, ao mesmo tempo que conduz o seu jipe num registo de pai responsável (como é que é possível depois da interpretação genial em a "Paixão de Cristo"?). 

Nem para os amantes de filmes de acção pura este filme serve. Muito francamente, nem vale a pena perderem tempo com ele.

Nota: 1

1 comentário:

  1. espreita o Jim na série Person of Interest - está (relativamente) bem

    ResponderEliminar